O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Normas para submissão de originais


Podem submeter artigos e/ou resenhas professores e pesquisadores vinculados a instituições de pesquisa brasileiras ou internacionais com o título de doutor ou, em casos excepcionais, de mestre. Também são aceitos artigos redigidos por doutores em conjunto com colaboradores.


Os autores deverão criar um login e senha no sistema por meio do Cadastro e seguir o passo-a-passo do sistema (veja o tutorial tela a tela).


São aceitos artigos e resenhas nas seguintes línguas: português, inglês, francês, alemão, italiano e espanhol. Os artigos deverão ter um mínimo de 8 e o máximo de 25 páginas. As resenhas devem ter um mínimo de 2 e o máximo de 6 páginas.  


O que nos faz pensar evita a publicação de artigos do mesmo autor em números próximos um do outro.


Os artigos enviados para publicação na revista O que nos faz pensar devem atender ao tema proposto na Chamada para publicação. Artigos fora do tema poderão ser aceitos, mas dependerão da disponibilidade.  e estar configurados da seguinte forma:


1. Arquivos de texto padrão Microsoft Word (.doc ou .docx);


1.1 O arquivo não pode ser identificado com os dados do autor. Os trabalhos submetidos serão associados aos metadados preenchidos no momento da submissão e serão reconhecidos pelo sistema. Por essa razão, é imprescindível atenção para a correção no preenchimento dessas informações, em especial atenção quando houver mais de um autor.


2. Papel formato A4, com margens superior e inferior, direita e esquerda de 2 cm;


3. Os trabalhos devem ser apresentados na seguinte sequência:


título no idioma original (caso seja redigido em língua que não seja a portuguesa)
título em português;
título em inglês (caso o artigo não seja redigido em inglês);
resumo no idioma original (caso seja redigido em língua que não seja a portuguesa), respeitando o limite de 1.000 caracteres com espaços inclusos;
resumo em português, respeitando o limite de 1.000 caracteres com espaços inclusos;
• mínimo de 3 e máximo de 6 palavras-chave, separadas por ponto e vírgula, em português;
resumo em inglês (caso o artigo não seja redigido em inglês), respeitando o limite de 1.000 caracteres com espaços inclusos;
• mínimo de 3 e máximo de 6 palavras-chave, separadas por ponto e vírgula, em inglês;
corpo do texto em fonte Times New Roman, parágrafo justificado e espaçamento 1,5; para texto corrido e citações com até 3 linhas, utilizar tamanho 12; para citações com mais de 3 linhas, tamanho 12 e recuo de 2cm à esquerda, em itálico; para notas explicativas no rodapé da página, tamanho 10 e espaçamento simples;
referências completas no final do texto.


4. As referências citadas ao longo do texto devem entrar em suas respectivas páginas como notas de rodapé, com o sobrenome do autor em minúscula.


4.1. Para referência a obras já citadas, utilizar as expressões:


      Idem, para fazer referência, subseqüente, de um mesmo autor
      1. Arendt, H. Origens do Totalitarismo. SP: Cia das Letras, 2000.
      2. Idem.


      Ibidem,  para fazer referência, subsequente, de um mesmo autor, em páginas diferentes
      1. Arendt, H. Origens do Totalitarismo. SP: Cia das Letras, 2000.
      2. Ibidem, p. 47.


      Op. cit., para referenciar um mesmo autor, após terem sido referenciados outros autores


      1. Arendt, H. Origens do Totalitarismo. SP: Cia das Letras, 2000.
      2. Leibniz, G. W. Discours sur la theologie des chinois. Frankfurt: Klostermann, 2002.
      3. Arendt, H, op. cit., p. 47.


5. Todas as referências devem estar reunidas em sua forma completa ao final do artigo, na seção “Referências”, em ordem alfabética por sobrenome, que deve constar em letra maiúscula, conforme o modelo abaixo:


      ARENDT, H. Origens do Totalitarismo. SP: Cia das Letras, 2000.
      BRIERI, A. Nietzsche em Sartre: o “homem só”. O que nos faz pensar, v.25, n.38, p. 67-84, jan.-jun. 2006.


5.1. Devem ser listadas ao final do texto somente as referências efetivamente citadas.


5.2 As referências devem estar de acordo com as normas da ABNT, conforme exemplos a seguir:


Livro
Sobrenome, N. Título da Obra. Cidade: Editora, ano.


     DERRIDA, J. Adiós a Emmanuel Lévinas. Trad. de Julián Santos Guerrero. Madrid: Editorial Trotta, 1998.


Capítulo de livro
Sobrenome, N. Título do capítulo. In: Sobrenome, N.[se igual ao autor do capítulo, usar _____.] Título da publicação. Cidade: Editora, ano, páginas do capítulo.


      ROVIGHI, S.V. Ontologia existencial e filosofia da existência. In: ______. História da filosofia contemporânea: do século
      XIX à neoescolástica. Tradução por Ana Pareschi Capovilla. São Paulo: Loyola, 1999, p. 397-412.


Periódico
Sobrenome, N. Título do artigo. Nome do periódico, volume, número, intervalo de páginas, data, ano.


      BRIERI, A. Nietzsche em Sartre: o “homem só”. O que nos faz pensar, v.25, n.38, p. 67-84, jan.-jun. 2006.


No caso de documentos on line, apresentar a URL entre os sinais < > , precedido da expressão “Disponível em:”, e finalizar com a data de acesso, como no exemplo extraído do manual da ABNT:


      ENCICLOPÉDIA da música brasileira. São Paulo, 1998. Disponível em: <http://www.uol.com.br/encmusical/>.
      Acesso em: 16 ago. 2001.


A fim de auxiliar o autor na formatação de seu artigo, preparamos um modelo que pode ser preenchido. No modelo [clique aqui para fazer o download], constam também todos os itens a serem contemplados em cada artigo.




 Condições para submissão


Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.


1.A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".


2. O arquivo da submissão está em formato .DOC, .DOCX ou .RTF.


3. URLs para as referências foram informadas quando possível.


4. O texto está com espaçamento entrelinhas de um e meio no corpo do texto, fonte Times New Roman de tamanho 12; as figuras e tabelas (se houver) estão devidamente identificadas, extensão máxima de 25 páginas, incluindo referências bibliográficas e anexos e/ou apêndices.


5. O texto segue os padrões de estilo e formatação descritos em Diretrizes para Autores (acima), na página Sobre a Revista.


6. Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.