Os Privilégios da Vista – a crítica de arte de Octavio Paz

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Karl Erik Schøllhammer

Resumo

O livro Los Privilegios de la Vista de Octavio Paz corresponde grosso modo ao segundo volume das Obras Completas dedicado às artes plásticas, o volume 7, que aqui será examinado para esclarecer alguns aspectos do empreendimento crítico de Paz: por via das palavras, tornar visíveis e reconhecíveis aqueles elementos que uma crítica amarrada conceitualmente à disciplina da história da arte não consegue definir. O ensaio postula uma reflexão historiográfica que oscila entre a construção de continuidades e a identificação de rupturas entre arte pré-columbina, arte moderna e arte contemporânea num empreendimento que simultaneamente moderniza a tradição pre-columbina e evidencia na arte mexicana a permanecia de um extrato histórico que não se deixa interpretar numa visão historicista da arte mexicana. Paz desconstrói este eixo temporal assim como abre a conceituação da arte nacional para uma compreensão da contribuição dos artistas contemporâneos para a arte latino americana.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
ERIK SCHØLLHAMMER, Karl . Os Privilégios da Vista – a crítica de arte de Octavio Paz. O que nos faz pensar, [S.l.], v. 24, n. 37, p. 141-150, sep. 2015. ISSN 0104-6675. Disponível em: <http://www.oquenosfazpensar.fil.puc-rio.br/index.php/oqnfp/article/view/467>. Acesso em: 18 dec. 2017.
Seção
Artigos