Platão e a alma

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Silvia Regina Barros da Cunha

Resumo

Nos diferentes diálogos, Platão parece ter distintas concepções da alma, nem sempre compatíveis entre si. O propósito do presente trabalho é examinar se, a partir das diversas referências à alma no corpus platônico, seria possível extrair uma teoria consistente sobre o tema ou se, ao contrário, deve-se concluir que suas ideias a respeito da natureza da alma permaneceram inconclusas.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
REGINA BARROS DA CUNHA, Silvia . Platão e a alma. O que nos faz pensar, [S.l.], v. 24, n. 37, p. 205-218, sep. 2015. ISSN 0104-6675. Disponível em: <http://www.oquenosfazpensar.fil.puc-rio.br/index.php/oqnfp/article/view/473>. Acesso em: 22 oct. 2017.
Seção
Vária