A Luta por Reconhecimento: base para uma educação voltada à construção da cidadania?

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Rainri Back http://orcid.org/0000-0002-4015-3859 Everton Frask Lucero http://orcid.org/0000-0002-2717-7426

Resumo

Este artigo tem por objetivo indagar se e como o instrumental teórico apresentado por Axel Honneth em Luta por reconhecimento: a gramática dos conflitos sociais pode contribuir para aprimorar o processo educacional orientado à construção da cidadania. Essa indagação visa evidenciar locus privilegiado para o ensino de filosofia, em particular, no nível médio, voltado ao reforço de valores e referências para a vida em sociedade que orientem os educandos na busca de autorrealização pessoal como cidadãos. No ensino médio, sugere-se a adoção de práticas pedagógicas que remetam ao aprendizado das três etapas de reconhecimento identificadas por Honneth (o amor, o direito e a solidariedade) e ao desenvolvimento de seus correspondentes reflexos nas relações sociais, quais sejam a autoconfiança, o autorrespeito e a autoestima.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
BACK, Rainri; LUCERO, Everton Frask. A Luta por Reconhecimento: base para uma educação voltada à construção da cidadania?. O que nos faz pensar, [S.l.], v. 28, n. 45, p. 369-385, dec. 2019. ISSN 0104-6675. Disponível em: <http://www.oquenosfazpensar.fil.puc-rio.br/index.php/oqnfp/article/view/667>. Acesso em: 03 july 2020. doi: https://doi.org/10.32334/oqnfp.2019n45a667.
Seção
Artigos