Reapropriação do tempo e do eu na carta 1 de Sêneca

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

André Alonso

Resumo

Sêneca compõe suas Cartas a Lucílio no final de sua vida. Nas 124 cartas que nos chegaram, ele trata de diferentes temas, a maioria dos quais tem uma conexão substancial com os dramas existenciais de todo homem, de modo que nós poderíamos reconhecer a condição humana como o tópico principal das cartas. A breve carta de abertura trata da economia do tempo. Sêneca explica que o tempo é nossa mais valiosa mercadoria e mostra os diferentes modos pelos quais somos destituídos de sua posse. Usando uma série de imperativos, como o faria um médico em uma receita, ele incita seu pupilo a assumir o controle do tempo de que ele tem sido privado. Neste artigo, analiso a primeira carta e mostro como Sêneca considera o tempo a matéria mais essencial de uma transformação filosófica da vida humana. Defendo que nessa carta ele constitui um plano da cura filosófica de Lucílio através da recuperação do tempo perdido e que, de acordo com sua visão, o controle do tempo é o primeiro passo para o controle do eu.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
ALONSO, André. Reapropriação do tempo e do eu na carta 1 de Sêneca. O que nos faz pensar, [S.l.], v. 29, n. 48, p. 29-54, june 2021. ISSN 0104-6675. Disponível em: <http://www.oquenosfazpensar.fil.puc-rio.br/index.php/oqnfp/article/view/718>. Acesso em: 08 dec. 2021. doi: https://doi.org/10.32334/oqnfp.2021n48a718.
Seção
Artigos

Referências

AULO GÉLIO. A. Gelli Noctes Atticae. Vols. 1-2. Recognovit brevique adnotatione critica instruxit K. Marshall. Oxonii: e Typographeo Clarendoniano, 1968.
CHANTRAINE, Pierre. Dictionnaire Étymologique de la Langue Grecque: histoire des mots. Paris: Klincksieck, 1999.
EDWARDS, Catharine. Ethics V: death and time. In: DAMSCHEN, Gregor; HEIL, Andreas (org.). Brill’s Companion to Seneca Philosopher and Dramatist. Leiden, Brill, 2014. p. 239-256.
ERNOUT, Alfred, MEILLET, Alfred. Dictionnaire Étymologique de la Langue Latine: histoire des mots. Retirage de la 4e édition augmentée d’additions et de corrections par Jacques ANDRÉ. Paris: Klincksieck, 2001.
HADOT, Pierre. La citadelle intérieure: Introduction aux Pensées de Marc Aurèle. Paris: Fayard, 2011.
NATALI, Monica: ver REALE.
REALE, Giovanni. Lucio Anneo Seneca: tutte le opere - dialoghi, trattati, lettere e opere in poesia. A cura di Giovanni Reale, con la collaborazione di Aldo Marastoni, Monica Natali e Ilaria Ranelli. Milano: Bompiani, 2000.
REYNOLDS: ver SÊNECA. L. Annaei Senecae ad Lucilium Epistulae Morales.
SÊNECA. De Brevitate vitae: ver SÊNECA. L. Annaei Senecae Dialogorum Libri Duodecim.
SÊNECA. L. D. L. Annaei Senecae ad Lucilium Epistulae Morales. Vols. 1-2. Recognovit et adnotatione critica instruxit L. D. Reynolds. Oxonii: e Typographeo Clarendoniano, 1965.
SÊNECA. L. Annaei Senecae Dialogorum Libri Duodecim. Recognovit brevique adnotatione critica instruxit L. D. Reynolds. Oxonii: e Typographeo Clarendoniano, 1977.
SETAIOLI, Aldo. Epistulae Morales. In: DAMSCHEN, Gregor; HEIL, Andreas (org.). Brill’s Companion to Seneca Philosopher and Dramatist. Leiden, Brill, 2014a. p. 191-200.
SETAIOLI, Aldo. Philosophy as Therapy, Self-Transformation and “Lebensform”. In: DAMSCHEN, Gregor; HEIL, Andreas (org.). Brill’s Companion to Seneca Philosopher and Dramatist. Leiden, Brill, 2014b. p. 239-256.
SMITH, R. Scott. Physics I: body and soul. In: DAMSCHEN, Gregor; HEIL, Andreas (org.). Brill’s Companion to Seneca Philosopher and Dramatist. Leiden, Brill, 2014. p. 343-361.